Interview about launching Academy

Interview about launching Academy

The interview with Vala (Founder of Analytics Academy) and Raquel (Founder of IFE Portugal) about their collaboration in launching Analytics Academy Portugal

Numa demonstração de agilidade corporativa e com o propósito de contribuir para o desenvolvimento de competências em data science nas organizações portuguesas, a IFE by Abilways acaba de lançar um novo projeto em parceria com a Data Corner, empresa internacional especializada em soluções de análise de dados. Em entrevista ao RH Bizz, Raquel Rebelo, CEO da IFE by Abilways, e Vala A. Rohani, fundador da Data Corner e Chief Data Scientist, contam como nasce a nova ‘Analytics Academy’ e revelam a ambição de formar entre 700 e 1000 pessoas por ano na área dos dados. 

Como nasce a ‘Analytics Academy’? Qual é o objetivo deste projeto?
Raquel Rebelo (RR) – A Analytics Academy é um projeto de âmbito internacional criado pela Data Corner, uma empresa internacional especializada em data analytics, incubada no Instituto Politécnico de Setúbal, que em Portugal será lançado e dinamizado em parceria com a IFE.

Juntando o conhecimento técnico e a expertise da equipa de data scientists e data engineers da Data Corner com o conhecimento e a expertise da IFE na identificação de soluções para dar resposta às necessidades de desenvolvimento de competências dos profissionais e no apoio às equipas corporate de RH no desenvolvimento de competências e na estruturação de planos de upskilling e reskilling das suas equipas, a Analytics Academy apresenta-se ao mercado com o propósito de apoiar as empresas a constituir equipas de data science in-house e com uma proposta de valor diferenciadora porque é suportada numa metodologia de análise do potencial do talento individual na área dos dados.

Acreditamos que a Analytics Academy vai dar um contributo efetivo na qualificação dos profissionais de TI na área dos dados em Portugal.

Vala A. Rohani (VR) – A Analytics Academy é um programa de upskilling criado pela Data Corner para ajudar a força de trabalho das empresas e outros profissionais a melhorar os seus conhecimentos e competências no domínio da análise de dados. É um programa que está alinhado com as prioridades da Comissão Europeia em Desenvolvimento de Carreira e decidimos estabelecer a Analytics Academy Portugal em colaboração com a IFE.

 

Acreditamos que a Analytics Academy vai dar um contributo efetivo na qualificação dos profissionais de TI na área dos dados em Portugal.” – Raquel Rebelo, CEO da IFE by Abilways

 

Como é feito esse assessment de competências necessárias, ou já existentes, numa organização?
RR – O assessment dos gaps de competências nas áreas de dados será realizado através do ATU – Analytics Talent Upskilling assessment, uma plataforma web desenvolvida pelos especialistas da Data Corner que irá ajudar as equipas de RH a identificar as competências de dados existentes em cada elemento da equipa e qual o plano de desenvolvimento mais adequado a cada um.

VR – Depois de mais de cinco anos de experiência na condução de formações em data analytics, percebemos que a maioria das empresas que pretendem requalificar a sua equipa enfrentam uma importante questão: que tipo de formação em analytics se encaixa melhor com a minha força de trabalho e com base nas suas competências e conhecimentos?

Para resolver esse problema, criámos um portal de avaliação online – o Analytics Talent Upskilling (ATU). Esta plataforma ajuda as organizações a identificarem o nível de conhecimentos já existe no âmbito dos dados e as competências da sua força de trabalho. Ao mesmo tempo, permite criar um plano de requalificação sistemático e quantitativo para melhorar essas competências, tudo isto alinhado com a estratégia do negócio e os planos de desenvolvimento do departamento de RH.

Que tipo de cursos/workshops vão disponibilizar no âmbito deste projeto? O objetivo passa por criar ‘percursos’ de formação à medida de cada um?
RR – Vamos disponibilizar, nesta primeira fase, formações em formato live training nas áreas de Data Engineering, Data Analysis e Data Science em várias datas e diferentes horários para podermos responder aos planos de desenvolvimento de competências individuais que resultem da aplicação do ATU – Analytics Talent Upskilling assessment às equipas de TI.

VR – Contamos com uma equipa de académicos e formadores experientes nesta área e oferecemos um leque alargado de cursos de análise de dados que vai desde o Data Engineering ao Data Analytics e à Data Science. Além disso, também já desenvolvemos alguns workshops para o desenvolvimento das lideranças e dos decision makers para que estes saibam como transportar a IA e o Data Analytics para os seus negócios.

Quantas pessoas gostavam de formar/requalificar por ano?
RR – No plano de negócios para o primeiro ano da Analytics Academy em Portugal estimamos formar entre 700 e 1000 profissionais nas diferentes áreas.

 

Contamos com uma equipa de académicos e formadores experientes nesta área e oferecemos um leque alargado de cursos de análise de dados que vai desde o Data Engineering ao Data Analytics e à Data Science.” – Vala A. Rohani, fundador da Data Corner

 

Estamos todos conscientes de que os dados são o novo petróleo, mas as organizações já perceberam, de facto, como podem tirar partido dos dados? Ainda existe um gap de competências de IT e data analytics nas organizações?
RR – Acho que as empresas já perceberam que ter dados é fundamental, mas a maioria delas ainda não sabe o que fazer com esses dados. E os dados em bruto, como sabem, de nada valem. Existe de facto um gap de competências de data e analytics nas organizações, mas para que exista uma aposta clara no desenvolvimento destas competências nas equipas tem de haver um maior conhecimento e reconhecimento da importância do domínio dos dados numa organização ao nível das direções de topo e de quem decide.

VR – Sim, de facto os dados são o novo petróleo, mas não devemos esquecer que a análise é o seu motor de combustão! Atualmente, enfrentamos um tsunami de dados em muitos setores, desde a indústria às fintechs, à logística, retalho e todos os outros domínios de negócio. No entanto, a questão principal é como transferir esses dados em bruto já existentes para insights acionáveis, ajudando os managers a tomar decisões orientadas por dados.

 

To see teh full interview:

https://www.ife.pt/blog/ife-e-data-corner-lancam-analytics-academy/

 Tuesday, May 26, 2020     500